Portal Viver Mais



Entrevista de emprego: dicas

Por Portal Viver Mais em 21/11/16 11:02 - Atualizada em 21/11/16 11:21
(Foto: )

Um dos grandes desafios para muitos jovens hoje é a conquista do primeiro emprego. Sabemos que, assim como aconteceu conosco ainda na adolescência, muitos leitores do nosso blog são pessoas que, ao terminar o Ensino Médio – ou Fundamental –, não poderão se dedicar exclusivamente aos estudos numa universidade ou faculdade. Começamos a trabalhar ainda estávamos na escola, portanto, sabemos como é difícil conciliar estudos e trabalho.


            Sabemos também como o mercado hoje está mais que competitivo - o índice de desemprego nas alturas - e como o primeiro contato com o possível futuro empregador gera nervosismo e insegurança. Por isso, garimpamos algumas dicas sobre como se comportar numa entrevista de emprego. Esse post é dedicado a você que não sabe como lidar com esse tipo de situação.


            E não podemos esquecer de que é preciso agregar à profissão ou atividade não apenas títulos acadêmicos, cursos e mais cursos, mas valores e práticas que farão de você o candidato DIFERENCIAL!  Boa sorte e estejamos sempre preparados e preparadas para quando a sorte bater à nossa porta. Vamos às dicas:


·     Passar confiança à pessoa que te entrevista é um passo importante para que você se dê bem. Seja natural – ou, pelo menos, tente - e demonstre que você tem interesse real em conseguir a vaga ofertada e que – muito importante isso -você tem o perfil da vaga.


·     ·  Não podemos confundir respeito com intimidade, certo? Certíssimo.Trate o entrevistador com educação e respeito, evitando uma atitude muito íntima (pode parecer forçado). Porém, nada de alimentar posturas submissas ou tímidas durante a sua entrevista. Não esqueça: olhe nos olhos do entrevistador.


·     ·  Uma coisa essencial na entrevista de emprego é a clareza de ideias. Por isso, cremos ser muito importante que você tenha claro o que irá dizer e como o fará. Para isso, antecipe-se. Treine. Treine bastante. Se possível, busque conhecer um pouco acerca da empresa onde concorrerá à vaga, cite conquistas desta empresa, sugira ações ou projetos.


·       ·  Dê respostas claras às perguntas que lhe forem feitas, não exagere e nem tente enrolar o entrevistador, fique à vontade para expressar a sua real opinião e nada de mentiras. 


     Dica importante: não tenha medo ou receio de falar dos próprios defeitos (esconder seus defeitos é sinal de infantilidade e falta de autoconhecimento) fale sobre eles com naturalidade, demonstre confiança para assumi-los e diga como você lida com eles. 


    No site http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/carreira/entrevista-emprego/, encontramos, de forma resumida, algumas posturas para as quais precisamos estar atentos e atentas no momento da entrevista. Vamos a elas:

  ·  Braços Cruzados: Um dos sinais corporais mais básicos está relacionado diretamente à postura defensiva. Cruzar os braços indica que a pessoa não está confortável ou então confiante no ambiente em que ela está.


  ·  Gestos Repetitivos: Durante a sua entrevista de emprego, ficar fazendo gestos repetitivos tais como bater as mãos sobre as pernas, bater o pé no chão ou então ficar batendo a caneta na mesa, indica ao entrevistador ansiedade e vontade de sair daquela situação. Olhar muito para o relógio ou para a porta também passa a mesma sensação.


 ·   Corpo Inclinado em Direção à Outra Pessoa: Atitude positiva que significa interesse na outra pessoa e na conversa que está sendo desenvolvida no momento.


 ·  Sobrancelhas: Nas entrevistas de emprego e conversas em geral, elas sempre dão sinais pequenos e certeiros. Quando estão arqueadas, elas são demonstração de interesse, do mesmo modo, sobrancelhas franzidas demonstram dúvida.


  ·  Gestos com as Mãos e Braços:  Durante uma conversa, eles são fundamentais e indicam conhecimento e convicção naquilo que se está falando no momento, aproveite este recurso na sua entrevista de emprego.


            Quem tiver interesse em ler um pouco mais sobre a linguagem do corpo no trabalho, encontramos esse livro de Adrian Furnham, da Editora Nobel, que trata das atitudes, da personalidade das pessoas  e de seus sentimentos expostos de maneira não verbal. Click no link e boa leitura: <https://books.google.com.br/books?id=nsG_uAbNXjEC&dq=linguagem+corporal&hl=pt-BR&source=gbs_navlinks_s>


Um outro nome que, na nossa opinião, também vale a pena levar em consideração quando o assunto é seleção para emprego é o do empresário e apresentador de televisão Roberto Justus. Nesse vídeo, ele também dá dicas de como se comportar em uma entrevista de emprego para poder causar uma boa impressão. Ele ressalta aquilo em que muito acreditamos: o candidato, antes de ser um profissional, é uma pessoa. Por isso, realce seus valores e boa entrevista.



Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso formulário de contato.

Adriana Matos e Cristiane Melo


Somos Adriana Matos e Cristiane Melo. Mulheres apaixonadas pela vida, pela profissão que escolhemos, pela família e pelas filhas. Criamos o blog para inspirar as pessoas a viverem mais e melhor, de forma que tenham qualidade de vida e (re) aprendam a viver diariamente de maneira plena e saudável, cuidando de si e do outro, superando obstáculos, alimentando projetos, estabelecendo metas e realizando sonhos. saiba mais

Vídeos


Doar sem dúvida é um atitude altruísta e que faz bem para quem recebe e muito bem para quem doa. Eu particularmente acredito que estamos aqui na terra passando um tempo e que ser voluntário, ajudar ao próximo e se doar é uma de minhas missões neste mundo. Isso não se trata de ter um bom coração, mas de saber que somos todos irmãos, filhos de um mesmo Pai e que quando fazemos algo por alguém estamos colaborando para que o universo seja mais harmonioso. Veja mais

Parceiros


Arquivos


Mais Lidas


Instagram


Desenvolvido por: