Portal Viver Mais



Decoração: Nada se perde, tudo se renova

Por Cristiane Melo em 10/07/17 14:13 - Atualizada em 14/07/17 14:55
(Foto: )

Amo decoração gostaria muito de ter mais tempo para isso, credito que possuo um dom para design de ambientes e amo artesanato.  A dica de hoje do Portal Viver Mais é para você que está pensando em trocar de guarda-roupa. Neste post vou mostrar a reforma que eu mesma fiz, dentro de poucas horas em meu armário e que mudou completamente a cara do móvel. 

Bom, basicamente a nossa ideia era encapar o guarda-roupa com plástico vinil. Aqui neste post você vai conferir o passo a passo deste projeto e dicas para você fazer também. 

Veja como mudou completamente a “cara” do móvel: 

null

Trata-se de uma dica de decoração e economia que me deixou muito feliz e satisfeita com o resultado. Já estava cansada do guarda-roupa na cor tabaco, escura e que atraia muriçocas. Vocês sabem que cores escuras atraem esses indesejáveis insetos, não sabem?  Então, decidi forrar de plástico vinil branco. O resultado foi surpreendente e o melhor é que gastei mesmo de 200 reais nesta reforma, sem falar no prazer de dizer que eu mesma que fiz  e que ficou tão perfeito. 

Como fazer a reforma do guarda roupa

Material Necessário: 

Aproximadamente 15 metros de papel Contact ou plástico Vinil. Custa em média 7 reais o metro. 

1 latinha de tinta spray na cor dourada, custa em média 15 reais. É facilmente encontrada em lojas de material de construção. Não tem cheiro forte e seca super rápido.  

Você vai precisar de estilete para fazer os cortes (custa menos de 2 reais). 

Usei o plástico vinil na cor branca, mas você pode escolher na cor que desejar, tem todas as cores, inclusive nos tons emadeirados. O custo dos tons de madeira são mais caros. Uma média de 19 reais o metro. 

DICAS VALIOSAS 

Aplique aos poucos, vá passando uma espátula ou paninho por cima na hora da aplicação para ir removendo o máximo possível de bolhas de ar.

Se tiver como fazer em duas pessoas, melhor ainda.  Uma puxa o contact e a outra vai passando o paninho para remover as bolhas.

Mesmo assim, se restar alguma bolha de ar, faça um furo com o estilete e pressione até removê-la.

Se a bolha de ar insistir em ficar, você pode usar um secador de cabelo no local, isso fará com que o plástico seja aquecido e a aderência seja melhor. 

Mesmo assim, se restar alguma bolha de ar, faça um furo com o estilete e pressione até removê-la.

Veja as fotos e assista ao vídeo de como ficou meu armário após a reforma. 


null
null
null


null

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso formulário de contato.

Adriana Matos e Cristiane Melo


Somos Adriana Matos e Cristiane Melo. Mulheres apaixonadas pela vida, pela profissão que escolhemos, pela família e pelas filhas. Criamos o blog para inspirar as pessoas a viverem mais e melhor, de forma que tenham qualidade de vida e (re) aprendam a viver diariamente de maneira plena e saudável, cuidando de si e do outro, superando obstáculos, alimentando projetos, estabelecendo metas e realizando sonhos. saiba mais

Vídeos


Oi gente, estamos no Setembro Verde, mês de incentivo a doação de órgãos  e tecidos. Já presenciei alguns  momentos de desespero e de dor no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) onde trabalho como assessora de comunicação. Sem dúvida perder um ente querido, um parente ou familiar e ter consciência de que os órgãos dessa pessoa podem salvar outras vidas, com toda certeza não é uma decisão fácil de ser tomada. Imagine você ver um familiar com batimentos cardíacos, o corpo ainda quente, tudo aparentemente bem, porém com diagnóstico de morte encefálica ou seja, morte cerebral. É nesse exato momento que a família faz valer a vontade do paciente que em vida declarou o desejo de ser um doador de órgãos.

Veja mais

Parceiros


Arquivos


Mais Lidas


Instagram


Desenvolvido por: