Portal Viver Mais



Quando começar a dar água ao nosso bebê?

Por Mariana Reis em 25/10/16 16:41 - Atualizada em 09/11/16 22:46
(Foto: )

Amamentar é um ato de amor que envolve muitos anseios, dúvidas, preocupações e medo. Quem é mãe ou está se preparando para ser pode ficar tranquila. É normal e saudável essa fusão de sentimentos. A fragilidade, a insegurança, o medo e a vontade incessante de acertar acabam a tornar este momento difícil ou conflituoso para algumas mulheres. Mas, essa experiência pode ser bem sucedida e maravilhosa ao ponto de você se tornar confiante e até mesmo de incentivar novas mulheres. Essa mudança de estágio requer algumas posturas que surgem da autoconfiança. Poderíamos conversar aqui sobre muitas dicas, mas vamos começar por uma que vai te preparar para as mais diversas situações. Basta aprender a diferenciar neste momento da amamentação o que é importante e o que se torna mito no decorrer das experiências já vividas por nós ou por amigas e familiares.

                Vamos começar pela água?  Há necessidade de antes dos seis meses o bebê tomar água? Não, pois uma criança em aleitamento materno exclusivo (apenas se alimenta de leite materno) não precisa antes dos seis meses beber água. Sabe por quê? Porque o próprio leite da mãe tem em sua composição água (em maior quantidade) suprindo as necessidades do bebê até em dias mais quentes. Não havendo necessidade alguma nesse período antes dos seis meses se você esta amamentando de ofertar nenhum outro líquido como água, chás ou suco. O leite materno tem em sua constituição todos os elementos necessários ao crescimento e desenvolvimento saudável do seu bebê, lhe proporcionando mais saúde e diminuindo os riscos de desenvolver algumas doenças respiratórias e intestinais. Não há nada mais completo para uma mãe do que ter na plenitude da sua decisão que amamentar é a melhor opção para a vida de seu bebê.

Comentários

AVISO - Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie através do nosso formulário de contato.

Adriana Matos e Cristiane Melo


Somos Adriana Matos e Cristiane Melo. Mulheres apaixonadas pela vida, pela profissão que escolhemos, pela família e pelas filhas. Criamos o blog para inspirar as pessoas a viverem mais e melhor, de forma que tenham qualidade de vida e (re) aprendam a viver diariamente de maneira plena e saudável, cuidando de si e do outro, superando obstáculos, alimentando projetos, estabelecendo metas e realizando sonhos. saiba mais

Vídeos


Oi gente, estamos no Setembro Verde, mês de incentivo a doação de órgãos  e tecidos. Já presenciei alguns  momentos de desespero e de dor no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) onde trabalho como assessora de comunicação. Sem dúvida perder um ente querido, um parente ou familiar e ter consciência de que os órgãos dessa pessoa podem salvar outras vidas, com toda certeza não é uma decisão fácil de ser tomada. Imagine você ver um familiar com batimentos cardíacos, o corpo ainda quente, tudo aparentemente bem, porém com diagnóstico de morte encefálica ou seja, morte cerebral. É nesse exato momento que a família faz valer a vontade do paciente que em vida declarou o desejo de ser um doador de órgãos.

Veja mais

Parceiros


Arquivos


Mais Lidas


Instagram


Desenvolvido por: