booked.net

Médicos lançam projeto para cuidar de quem cuida

Por Cristiane Melo - 7 de abril de 2020

Música, poesia, textos, mensagens positivas voltadas para despertar a espiritualidade dentre outras ações voltadas para os profissionais de saúde fazem parte do projeto “Nós” lançado na manhã deste sábado no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA). Cujo objetivo é cuidar de quem cuida. Trata-se de uma ação que nasceu da parceria entre o coordenador da unidade de Terapia Intensiva do HospitalGeral Clériston, Dr. Lúcio Couto, e a Dra Jôse Paiva, plantonista da UTI da unidade.
Segundo Lúcio Couto, os profissionais de saúde estão assustados com as notícias da COVID-19 no mundo. Estão trabalhando com uma paramentação desconfortável que machuca o rosto, com uma máscara que é difícil respirar, com medo de se contaminarem e de contaminar seus familiares. “Estamos sendo massacrados com tanta notícia sobre a mortalidade desta doença e estamos como soldados na linha de frente. São seres humanos, que sofrem com tudo isso. Muitos já estão se afastando de seus familiares no convívio diário com medo dessa alta transmissibilidade deste novo vírus”, pontuou Dr. Lúcio.

Durante alguns minutos os profissionais puderam ouvir músicas e palavras de ânimo, através do médico, Hellder Lima , que é tenor e toca piano muito bem. “Levar para esses profissionais de saúde, que estão tão abalados quanto toda população por este vírus, é algo de extrema importância para o equilíbrio emocional, espiritual e psicológico
da equipe. Nossa intensão é compartilhar informações e mensagem que estimulem o pensamento positivo, a espiritualidade e a aproximação de tudo que temos de bom pra que a fé nos ajude a enfrentar de forma mais leve está pandemia. Já que temos que cuidar de gente, que façamos isso da melhor forma possível. O “Nós” vem para cuidar de quem cuida, levando textos, áudios e mensagens para estes profissionais”, informou Dra. Jôse Paiva.

Os organizadores esclareceram ainda que o projeto será desenvolvido em
outras instituições hospitalares pública e privada da cidade levando uma corrente do bem e acolhimento para estes profissionais de saúde.

ASCOM/ HGCA

 

 

Leia também